Colombo deixa de aplicar R$ 97,3 milhões na Saúde e R$ 110,2 milhões na Educação

Conforme o relatório quadrimestral de janeiro a abril, o governo Colombo deveria ter aplicado R$ 425 milhões na Saúde (12% constitucional) e R$ 886 milhões na Educação (25% constitucional). Porém, o que demonstra o relatório de gestão fiscal é que em Saúde foram aplicados R$ 328 milhões e Educação R$ 775,8 milhões. Ou seja, em apenas quatro meses Colombo deixou de aplicar R$ 97,3 milhões em Saúde e R$ 113,8 milhões em Educação. Pelos dados, no quadrimestre, foram aplicados 9,25% em Saúde, ou seja, 2,25% a menos que prega a constituição, e 21,89% em Educação, ou seja, 3,11% a menos que dispõe a constituição.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *