Assembleia delibera mobilização para o próximo dia 23/11

Assembleia delibera mobilização para o próximo dia 23/11

SINTESPE convoca os servidores para participar do dia de paralisação das atividades dos servidores públicos que integram os quadros das Secretarias, Autarquias e Fundações, com a realização de Assembleia Geral, no próximo dia 23/11, em frente a Assembleia Legislativa do Estado de SC. Na Assembleia Geral realizada em frente ao antigo prédio das Diretorias, no último dia 26 de outubro, cerca de 400 servidores lotaram a mobilização para unificar a luta e cobrar do governo Colombo resposta às reivindicações, além de deliberar sobre as próximas mobilizações da categoria.

Participaram servidores do Deinfra, Deter, Fatma, Cedup, FCEE, Cidadania e Justiça, Lacen, Ceja, SST, CSE/SJC, HRSJ, Saúde, Educação, Cote, Aposentados, SES dos municípios de Florianópolis, Blumenau, Chapecó, Tubarão, São José, Joaçaba, Criciúma, Orleans, Içara, Concórdia, Lages, São Miguel do Oeste, Joinville, Ilhota, Bom Retiro, Palhoça, Campo Erê, Araranguá, Palmitos.

Durante a Assembleia, o presidente do Sintespe, Antônio Battisti, reiterou o quanto é importante unificar a luta dos servidores com o propósito de resgatar velhas conquistas que foram retiradas da categoria e buscar novos avanços. “Tem que arrancar o reajuste geral para todo mundo e depois trilhar o caminho para a gratificação, se nós olhamos só a gratificação, nós perdemos os 30% deste ano e a situação de perdas vai se acumulando”, afirmou.

A diretoria também comunicou aos servidores sobre a decisão do governo do estado, que em reunião na terça-feira (25), ou seja um dia antes da mobilização dos servidores, chamou a diretoria do Sintespe para conversar. A reunião contou com a participação do Secretário da Administração, Milton Martini, que  informou que o governo está formalizando a constituição de uma Coordenadoria Executiva de Negociação e Relações Funcionais (CONER), para tratar da pauta de reivindicações dos servidores públicos estaduais.

Participaram desta reunião o diretor de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas – DGDP, Luiz Antônio Dacol e o auditor da Secretaria da Fazenda de SC, Décio Augusto Bacedo de Vargas.

Na reunião o presidente do Sintespe, Antônio Battisti, destacou que é urgente que o governo de atenção para algumas categorias que estão a margem até mesmo de qualquer discussão inicial e precisam ter melhoria imediata no vencimento. O Sintespe manterá a pressão e dará continuidade a mobilização dos servidores.

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *