Venda da Casan I A sociedade catarinense vai pagar a conta

Vender a CASAN foi um  crime, outro ataque privatista do governo Colombo. O crime foi cometido na tarde deste dia 20/09/2011, às 16h40, na Assembléia Legislativa, quando a bancada governista aprovou por 29 votos a favor e 7 contra a venda da CASAN. Esta tentativa de mudança do controle acionário da CASAN, com projetos já enviados para a ALESC (Assembléia Legislativa de SC) que, aprovados, autorizam a venda de 35% das ações da estatal, é oportunismo e  elimina a obrigação constitucional do referendo popular em caso de mudança do mando acionário da empresa, lei aprovada em 2009 na ALESC.
Trata-se claramente de entrega da CASAN aos especuladores privados, o que resulta em tarifas maiores e enxugamento de pessoal, ou seja, muitas demissões como acontece com a CELESC. Tudo isso, porque os especuladores financeiros estão de olho em obter dividendos dos novos investimentos em saneamento básico que serão realizados no Estado.
Segundo o presidente da estatal, nos próximos 3 anos serão mais de 1,5 bilhão de reais de recursos nacionais e internacionais que estarão a disposição da CASAN para aplicação em obras de saneamento em SC, motivos suficientes que comprovam que não há qualquer necessidade em entregar as Ações da CASAN. Mas é por conta da ambição do mercado financeiro em controlar este dinheiro, é que está em questão o controle da CASAN.
Caberia ao governador Colombo a iniciativa coerente, de enviar para á ALESC (Assembléia Legislativa de SC), a definição de proposta na LOA (Lei do Orçamento Anual) prevendo investimento na Infraestrutura e Saneamento do Estado de SC, que é muito medíocre em relação as necessidade, este é o papel de um verdadeiro Gestor sério, que preza pelo bem público.Neste entendimento a CUT/SC esta engajada, juntamente com os trabalhadores da CASAN e entidades que integram a CMS, na defesa da CASAN Pública. Este documento foi aprovado na 13ª Plenária CUT/SC.
SINDICATOS CUTISTAS QUE COMPÕEM A REGIONAL DA CUT  GRANDE FLORIANÓPOLIS:
SINTE; SINTESPE; SEC/FPOLIS; SEC/SJ; SINTRASEM;  SEEB/FPOLIS; SINTRAFESC; SINDALESC; AFALESC; SEEF/FPOLIS; SINTRAM/SJ; ;SIND.JORNALISTAS; SINTECT/SC SINTRAF/ALFREDO WAGNER; SINPAW; SINTRAPAV/SC; SinPsi/SC; SINERGIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *