Resistência: série de cartazes relembra declarações polêmicas de políticos brasileiros

Resistência: série de cartazes relembra declarações polêmicas de políticos brasileiros

INIMIGO PÚBLICO é uma série de cartazes lambe-lambe de protesto e memória. Em ano eleitoral, provavelmente o mais desafiador para o Brasil nos últimos anos, é muito importante lembrarmos quem disse o que e quem já se posicionou claramente contra o povo. A primeira parte da série, produzida pelo Vertentes Coletivo, consiste em quatro cartazes:

1. João Dória Jr. | ex-prefeito de São Paulo, pré-candidato ao governo do Estado (PSDB):

“Pobre não tem hábito alimentar.”
– Frase dita durante episódio do programa O Aprendiz, em 2011, e reafirmada por Dória em 18/10/2017. Na ocasião, havia muita polêmica em torno da farinata allimento, uma espécie de ração produzida por uma empresa privada, feita a partir de diversos alimentos que estariam perto da validade e seriam incinerados. Apesar do protesto de diversas organizações, o então prefeito de São Paulo pretendia distribuir a ração a moradores de rua e pessoas em situação de risco social.
Fonte: Folha de São Paulo

2. Geraldo Alckmin | ex-governador de São Paulo, pré-candidato à presidência (PSDB):
“Não falta água em São Paulo.”

– Frase dita em debate na TV Globo no 1º turno das eleições em 30/9/2014. Em 2014, o estado de São Paulo enfrentava uma grave crise hídrica e havia falta de água diariamente em diversos municípios e bairros da capital. O problema não se limitou a regiões periféricas e interior, e em pleno período de eleições diversos bairros centrais na capital enfrentavam todo dia o racionamento de água. Mesmo assim, Alckmin foi reeleito governador em 1º turno, com cerca de 60% dos votos válidos.
Fonte: Portal G1

 

3. Michel Temer | presidente ilegítimo do Brasil (MDB):
“Tem que manter isso aí.”

– Frase captada em gravação de conversa entre Joesley Batista (JBS) e Michel Temer. Ao que tudo indica, Temer se referia à manutenção de pagamentos mensais para garantir o silêncio de Eduardo Cunha, já preso, em maio de 2017.
Fonte: O Globo

4. Jair Bolsonaro | ex-deputado federal, pré-candidato à presidência (PSL):
“Não te estupro porque você não merece.”

– Frase dirigida à deputada Maria do Rosário durante entrevista em 2003 e reafirmada em plenário, em dezembro de 2014. Bolsonaro foi condenado em primeira e segunda instância pelo ocorrido.
Fonte: Portal G1
Video via YouTube

 

Fonte: Behance


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *