O caminho é reforçar a luta

O pagamento correto da gratificação de 20% da GAF, sua ampliação para 60%, a implementação  das promoções por tempo de serviço, a incorporação do abono e um plano justo de Cargos e Salários estão na pauta de reivindicação dos servidores civis que estão lotados nas Secretarias de Segurança Pública e de Justiça e Cidadania. Por sinal estes servidores são os únicos que integram o Plano de Cargos de 1993 da Administração Direta.

A  Comissão que foi eleita no ano passado, voltou a ser reunir no dia 26 de abril, na sede do SINTESPE, e definiu um calendário de reuniões e discussões que visam retomar a cobrança de respostas aos documentos protocolados no ano passado junto aos titulares das duas Secretarias.

A batalha desses servidores acontece desde 2007, quando o governo fez a última reforma administrativa e dali pra frente, “se esqueceu” ou fez questão de esquecer do segmento.

Agora é preciso fortalecer o grupo e reestabelecer o cronograma de reunião com o governo. Da reunião, foi acordado que a comissão será ampliada para um servidores por local de trabalho, abrangendo todas as 22 regiões do Estado.
Outra iniciativa foi reforçar o pedido de  nova  audiência com Ada de Luca e também em breve será convocada nova reunião com todos os servidores do setor.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *