Twitter @SintespeCanal no YoutubeFacebook Sintespe
RSS  
Abrir Anúncio
abrir anúncio
Santa Catarina
Sindicato denuncia irregularidades na SJC e pede CPI
27 NOVEMBRO 2017

Há meses o SINTESPE ocupou a tribuna da ALESC para solicitar junto a Frente Parlamentar em Defesa das Empresas e Serviços Públicos a abertura de uma CPI do sistema prisional catarinense. Há meses também existe o alerta para os interesses escusos que rondam a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania, assim como o desprezo do Governo do Estado para com o sistema através de suas tentativas de sucateamento.

Os fatos se desenrolam e aos poucos a narrativa começa a tomar forma.

O SINTESPE denunciou em agosto as irregularidades do contrato entre o Governo do Estado e a empresa Montesinos, que se isentava de suas responsabilidades junto ao sistema. O cenário de terceirização trouxe prejuízos, como era de se esperar.

O assunto ganhou notoriedade e outras denúncias sobre o sistema foram trazidas ao SINTESPE, como por exemplo, o superfaturamento de contratos de construção de presídios, mascaramento de superlotação carcerária e inoperância de empresas. Sem as devidas provas, o SINTESPE aciona o Ministério Público para averiguar a questão e faz o pedido de abertura de uma CPI.

Então chegamos na última sexta-feira (24), quando é deflagrada a Operação República Velha, que investiga diretamente a Secretária de Estado de Justiça e Cidadania, Ada de Luca (PMDB), por falsa prestação de contas, caixa dois, corrupção e formação de quadrilha em uma operação que envolve 44 policiais e o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão em quatro cidades catarinenses.

Então chegamos nesta segunda-feira (27), quando parte da narrativa ganha mais um pedaço com a publicação de um edital de convocação para fundação de um sindicato de agentes penitenciários e socioeducativos do estado de Santa Catarina.

A situação na SJC está se desenvolvendo em um cenário de escândalos e omissões e o SINTESPE não ficará alheio a essa situação. Nossa diretoria segue mobilizando forças para dar celeridade à Comissão de Inquérito Parlamentar que investigará as atividades do sistema prisional catarinense e a agenda obscura cumprida pelo grupo que gere a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania. Por isso, a mobilização da categoria se torna fundamental neste momento de defesa do serviço público, contra o desmonte do Estado e o divisionismo promovido pelo Governo. Precisamos de um sindicato forte, atuante e não podemos cair na ladainha daqueles que querem nos dividir.





Mais Notícias em Santa Catarina:


jurídico

SINTESPE ajuizará ação para garantir cumprimento da data-base
Servidores do Imetro/SC aguardam decisões processuais
Processos judiciais beneficiam 4 mil

Boletim Eletrônico
Digite seu e-mail para receber nossos informativos
Mensagens SMS
Informe seu número de celular com DDD

Curso Formação de Base
Imposto Sindical - RESTITUIÇÃO 2016
Álbum de Fotos

Campanha de Filiação
Blog Campanha em Defesa do SINTESPE
sobe
 

Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Estadual de SC

Praça Olívio Amorim, 82 - Centro - Florianópolis - SC / CEP 88020-090
Fone / Fax: (48) 3223 6097
tecnologia designed by: tecnologia