Twitter @SintespeCanal no YoutubeFacebook Sintespe
RSS  
Santa Catarina
Santa Catarina se une à greve nacional contra a Reforma da Previdência
20 FEVEREIRO 2018

Essa segunda-feira (19) foi dia de luta em todo o Brasil contra a Reforma da Previdência. A CUT, demais centrais e movimentos sociais mobilizaram, em todas as regiões do País, milhares de trabalhadores e trabalhadoras de diversas categorias.  Em Santa Catarina, atos, paralisações e passeatas aconteceram em mais de dez cidades de todas as regiões do Estado.

A presidenta da CUT-SC, Anna Julia Rodrigues, ressaltou que a resistência e união do movimento sindical foi fundamental para a Reforma da Previdência não ter sido aprovada e comemorou o resultado de mais esse dia de lutas em Santa Catarina. “Mais uma vez conseguimos mostrar a força da classe trabalhadora em lutar contra os ataques aos direitos. Fizemos um dia histórico com atos em todas as regiões do Estado”.

 

Trabalhadores da Comcap aderem a paralisação

Trabalhadores da Comcap aderem a paralisação

 

 

FLORIANÓPOLIS – A capital catarinense amanheceu sem ônibus, sem coleta de lixo e com rodovias interditadas. Com a falta de transporte, as ruas centrais da cidade ficaram vazias e muitos comércios não abriram as portas.

Durante a madrugada, militantes se mobilizaram para o fechamento das garagens das empresas de transporte coletivo de Florianópolis, São José, Biguaçu e Palhoça para garantir que nenhum ônibus saísse. O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano aderiu à greve nacional e, com isso, a grande Florianópolis ficará 24 horas sem ônibus circulando. Os bancos do centro de Florianópolis também ficaram paralisados nesta segunda-feira (19)

No início da manhã, o Sintrasem realizou uma assembleia da Comcap – responsável pelas limpezas das ruas e coleta de lixo em Florianópolis – em que os trabalhadores aprovaram a paralisação de 24 horas em defesa da aposentadoria.

Além disso, no fim da manhã os militantes fizeram uma passeata no centro de Florianópolis, saindo da praça de lutas e parando em frente ao prédio da Previdência Social. Com faixas, bandeiras e palavras de ordem a ação chamou a atenção de quem passava pelo centro sobre a importância de defender a aposentadoria.

Outra passeata aconteceu no fim da tarde, com a participação de cerca de 3 mil pessoas. A caminhada saiu da Praça de Lutas, seguiu pela rua Tenente Silveira, pelo calçadão da Felipe Schmitdt e terminou em frente ao Ticen com a fala dos representantes das centrais sindicais.

 

 

OESTE – Em Chapecó, mesmo embaixo de chuva, protestos aconteceram em frente à Havan, Itaú e Bradesco, para mandar o recado para os sonegadores de impostos, maiores devedores da Previdência Pública.

Em Xanxerê, mais de 400 pessoas se uniram em uma caminhada em defesa da aposentadoria, que passou pelo Itaú e Bradesco, um dos grandes devedores da Previdência. O ato parou em frente ao deputado Valdir Colato, que é favorável a Reforma da Previdência.

Atos aconteceram também em São Miguel do Oeste, na praça central da cidade, e em Abelardo Luz, onde a concentração dos servidores iniciou à tarde no ginásio Paulo Roberto Falcao, com palestra do presidente da FETRAM Lizeu Mazzioni.

 

 

 

MEIO-OESTE - Caçador também se uniu às lutas contra a Reforma da Previdência. Durante a manhã um ato aconteceu no Largo Caçanjure para chamar a atenção da população sobre o desmonte da previdência promovido pelo governo golpista de Temer.

Em Lages, os militantes fizeram a ocupação simbólica da Agência da Previdência Social para protestarem contra a Reforma da Previdência.

 

 

 

 

NORTE – Em Joinville, militantes ocuparam a frente dos bancos Itaú e Bradesco, para protestar contra os grandes sonegadores de impostos. Em seguida, uma ação foi feita em frente à empresa Tupy para chamar a atenção dos trabalhadores. O dia de lutas terminou com um ato na Praça da Bandeira.  

Em Jaraguá do Sul, foi feita uma panfletagem em frente à empresa Weg para dialogar com os trabalhadores sobre a importância de lutar contra a Reforma da Previdência, e em Canoinhas um ato aconteceu na Praça do Chimarrão.

 

 

 

 

SUL – Durante a manhã, um ato aconteceu em frente ao INSS de Criciúma em defesa da aposentadoria.

 

 

 

 

VALE – Em Blumenau, um ato aconteceu durante a tarde em frente à Prefeitura. Além disso, para chamar a atenção da população, uma faixa foi colocada em uma das pontes centrais da cidade dizendo não a Reforma da Previdência.

Em Rio do Sul, um ato aconteceu em frente ao INSS em defesa da aposentadoria.

Povo na rua, Congresso recua e suspende reforma da Previdência - O presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB-CE), determinou nesta segunda-feira (19) a suspensão da tramitação de todas as propostas de emenda à Constituição (PEC) enquanto vigorar o decreto de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, previsto até dezembro. A suspensão atinge mais de 190 propostas em andamento na Casa, entre elas a reforma da Previdência, que só pode ser feita por meio de uma PEC. 

Para a presidenta da CUT-SC, a suspensão representa uma vitória parcial da classe trabalhadora. “Temos que comemorar. O governo só não conseguiu aprovar a Reforma da Previdência por causa de toda a nossa luta e resistência, mas devemos ficar atentos, o governo pretende aprovar muitas outras pautas que prejudicam os trabalhadores. Enquanto nós não derrubarmos esse governo golpista não podemos sair das ruas. É hora de lutar para que os direitos da classe trabalhadora sejam garantidos”.

 

 

 

Fonte: CUT-SC




Mais Notícias em Santa Catarina:


jurídico

SINTESPE ajuizará ação para garantir cumprimento da data-base
Servidores do Imetro/SC aguardam decisões processuais
Processos judiciais beneficiam 4 mil

Boletim Eletrônico
Digite seu e-mail para receber nossos informativos
Mensagens SMS
Informe seu número de celular com DDD

Curso Formação de Base
Imposto Sindical - RESTITUIÇÃO 2016
Álbum de Fotos

Campanha de Filiação
Blog Campanha em Defesa do SINTESPE
sobe
 

Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Estadual de SC

Praça Olívio Amorim, 82 - Centro - Florianópolis - SC / CEP 88020-090
Fone / Fax: (48) 3223 6097
tecnologia designed by: tecnologia